28 julho 2016

Documentário sobre cantadores de viola



Em junho de 2012, uma equipe da TV Senado embrenhou-se pelo interior da Paraíba em busca de pessoas que tenham conhecido o lendário Zé Limeira, cantador negro que viveu os primórdios da cantoria e que criou os versos mais surrealistas da história do repente. Dessa aventura, surgiu O homem que viu Zé Limeira, um documentário sobre o escritor Orlando Tejo, que eternizou os versos desse cantador no livro Zé Limeira, o poeta do absurdo. Mas essa é outra história!

O fato é que das conversas com os moradores da região, repentistas, músicos, pesquisadores e admiradores da cantoria, foi possível conhecer o universo em torno dos cantadores e dos repentistas e a riqueza contida em suas memórias. Nasce então o documentário Cantorias, uma coletânea de histórias que tem como protagonistas os cantadores de viola nordestinos, homens de raciocínio rápido e língua afiada, que deixaram um rastro de poesia mundo afora.

Com depoimentos de Ariano Suassuna, Chico Cesar, Siba, João Furiba, Geraldo Amâncio, Ivanildo Vila Nova, Moacir Laurentino, Oliveiras de Panelas, Jomaci Dantas, Beto Brito, Marcus Accioly, Bráulio Tavares e Gonzaga Rodrigues.O resultado foi um documentário bem humorado e cheio de relíquias como fotos, vídeos e fonogramas que mostram os mestres da cantoria em diferentes épocas. Segue nosso cartaz, o trailer no Youtube e textos para falar desse trabalho. Conto com a colaboração de todos na divulgação!


Cantorias

No sertão paraibano
Naquele século passado
No Teixeira, Romano e Inácio
Fizeram verso acertado
Criando a nossa cantoria
Que da noite para o dia
Deixou o povo encantado.

Dois rimando no passado
Desafiaram a fantasia.
Pinto, Louro e Xudu
Seguiram a mesma porfia
Hoje no rádio e na TV
O que mais o povo vê
São versos de cantoria.

Maurício Melo

Estreia: 30/07 (sábado), às 21h30

Reapresentações:

31/07 – 9h30/ 17h30
01/08 – 1h00
06/08 – 20h00
07/08 – 8h30 / 16h00 
13/08 – 6h00 / 22h00

Direção: Maurício Melo
Produção, roteiro e edição: Lorena Maria
Duração: 28 min


09 junho 2016

Nova Edição - Para rir até chorar com a cultura popular



Este livro busca a essência da mais pura poesia popular. E decifra suas mais diversas formas de composições. Foi com essa intenção que o autor desta obra fez um estudo e descreveu em mais de 300 páginas os mais variados ramos da cultura popular, traduzidas em poesias, cantorias, literatura de cordel, emboladas, canções, gestas e romances. A trajetória dos repentistas e o universo dos seus conhecimentos, são aqui narrados, mostrando ainda aquilo que somente os grandes mestres da sabedoria popular podem interpretar fielmente.

Nesta 2ª edição, revista e melhorada, o autor ampliou suas observações, introduziu novos capítulos e aumentou o número de gêneros da cantoria. O resultado foi um aumento no campo e pesquisa de quem necessita compreender a literatura de cordel.

Saiba mais sobre o autor
Saiba mais sobre o livro
Leia alguns trechos

E continua repassando para o leitor as brigas poéticas engraçadas, cantadas ou faladas, de poetas nordestinos. Uma farta análise relaciona cordel, emboladas, quadras, sextilhas, martelos, mourões e muitos outros gêneros da mais pura cantoria nordestina.




30 maio 2016

Coco de Roda Novo Quilombo


Vídeo realizado em 2016 com Ana do grupo de Coco de Roda Novo Quilombo no Quilombo do Ipiranga, município de Conde na Paraíba que. Todo último sábado do mês tem coco de roda, sintam-se convidados.


24 maio 2016

Versos do Nordeste - Azul mais celeste